top of page

Elizabeth Santos: Quando a vida te chamar para dançar, dance!

Os tempos mudaram...

Podemos sentir e vivenciar essas mudanças no nosso cotidiano.

Hoje, as mulheres e a sociedade como um todo, se despem de antigos paradigmas e começam a trilhar um novo caminho de auto-conhecimento e felicidade.


O Blog 100% Esporte foi atrás de mais informações sobre o assunto e conversou com a Professora, Beth Santos, CREF 22074 G/RS, diretora da escola Ballet Elizabeth Santos e do projeto social Ballet para Todos, há 30 anos. Coreógrafa premiada, coordenadora pedagógica e diretora da cia de ballet e folclore B.E.St. Ganhadora do prêmio Joaquim Felizardo, Trajetórias, e indicada ao prêmio Açorianos.


Boa leitura!


Qual a idade mais adequada para começar a dançar?


Essa pergunta é a que mais escuto.

Com toda a minha experiência posso dizer que a idade ideal é sempre aquela em que nos sentimos atraídos pela dança. Pode ser aos 2 anos ou já na idade adulta.


A dança é cultura e atividade física. Quais os beneficios mais importantes para a vida dos praticantes?


É verdade. A dança transita entre esses mundos.

Os benefícios físicos são inúmeros: a postura se transforma, através das atividades desenvolvidas em aulas, ensaios e apresentações.

A pessoa respira melhor, aprende a conhecer o funcionamento do seu próprio corpo.

Os músculos ganham força, agilidade e alongamento.

O cérebro funciona melhor.

O raciocinio flui naturalmente. A memória é estimulada. A coordenação motora tem uma melhora significativa.

Mas é a autoestima e autoconfiança que notamos em todos os bailarinos, muito forte.

Vemos essa transformação acontecendo e se fortalecendo dia a dia. É muito lindo.


E o público que dança. Também mudou?


Não diria mudança, mas acréscimo.

Vemos homens e mulheres adultos, acostumados a admirar e amar a dança da platéia, agora nos palcos.

Com as mudanças sociais vemos uma democratização crescente no meio da dança.

No ballet, vemos muitos adultos nas salas de aula descobrindo e redescobrindo movimentos em conexão com a música.

E aos poucos aqueles que ficavam na sala de espera, vão experimentando as maravilhas de sentir seus corpos dançantes.


E quanto ao ballet? Quais os caminhos que um adulto pode seguir?


Um adulto tem suas habilidades. Ele entende e absorve muito bem o aprendizado.

Ele vai receber o mesmo aprendizado gradual com respeito ao seu físico.

A saúde deve estar em primeiro lugar.

Por isso é muito importante a escolha do profissional.

O adulto vai poder se apresentar, e até usar as pontas e os lindos figurinos de dança. Participando de espetáculos. Tudo isso respeitando o tempo e desenvolvimento de cada um.


Obrigado Beth, saiba que o Blog 100% Esporte está sempre aberto para receber as tuas notícias , artigos e publicações.

Sigam o Ballet Elizabeth Santos Brazil no instagram: https://instagram.com/balletelizabethsantos?utm_medium=copy_link



Tudo isso respeitando o tempo e desenvolvimento de cada um.




2 comentários

2件のコメント


ゲスト
2021年6月21日

Adorei. É sempre um prazer poder compartilhar com a revista 100% esporte e sua equipe tão qualificada. Uma verdadeira honra.

Dançar contribui com uma vida saudável e feliz.

Afinal o ser humano não foi criado para ficar parado.

Movimento faz parte da vida. Não fique parado.

Obrigada pelo convite! Gratidão.

いいね!
Vinicius Kaster
Vinicius Kaster
2021年6月21日
返信先

Nós que agradecemos Beth por você compartilhar tanto conhecimento e paixão com os nossos leitores!

いいね!
bottom of page